Arquivo | Orlando Fedeli sobre Orlando Fedeli RSS for this section

Orlando Fedeli “Escrevi já mais de dez mil…

Orlando Fedeli, da Associação Cultural Montfort:

“Escrevi já mais de dez mil cartas. Mas a sua vale por dez mil.”

Fonte: montfort.org.br

De qual igreja fala Fedeli?

Orlando Fedeli da Associação Cultural Montfort:

“Foi Nossa Senhora quem abençoou os textos do site Montfort e fez com que você encontrasse o que precisava.

Caso você um dia vá até Fátima, diga a Nossa Senhora que tenha pena de mim também, para que eu possa servi-la até morrer. Diga a Ela que, como pela minha idade, falta-me ainda pouco tempo, que Ele me permita dar aulas e escrever cartas em defesa da Igreja Católica até o dia de minha morte, porque só pela Igreja quero viver e morrer.”

Fonte: montfort.org.br

Marchar contra o inimigo, no ponto mais duro da batalha

Orlando Fedeli da Associação Cultural Montfort:

“Padre, rogo-lhe do fundo de minha alma: nas suas Missas peça a Deus que me dê mais zelo contra os hereges, e simplicidade de alma, que me faça ir diretamente contra os inimigos de Deus, sem voltinhas e sem rodeios. Como dizia Du Guesclin em sua oração ao Rei São Luís IX: “que eu marche “droit au but, droit au plus dru”, isto é que eu marche diretamente contra o inimigo, no ponto mais duro da batalha, galhardamente. “

“O que quero é que Deus me perdoe meus erros e meus pecados. Para obter esse perdão, luto pela defesa da Fé, e pela conversão das almas, indo sempre “droit au but, droit au plus dru”.

Quem sabe, padre, Deus levando em conta minha reta intenção, e meu combate, tenha misericórdia de meus inúmeros pecados e me conceda a sua paz. Porque, como Santa Joana d´Arc, afirmo que só se conseguirá a paz na ponta da lança.”

Fonte: montfort.org.br

Vaticano II e missa nova, com Fedeli não!

Orlando Fedeli, da Associação Cultural Montfort

 “Você tem razão. Essa pessoa, infelizmente, ficou cega pelo ódio. Esse indivíduo, pedira para entrar em contato comigo, pois pretendia colaborar com a Montfort. Disse-lhe que isso só seria possível acertando os ponteiros sobre o Concílio Vaticano II e a Missa Nova.”

Fonte: montfort.org.br

Orlando Fedeli, delirando…

Orlando Fedeli, da Associação Cultural Montfort:

 “Sem ligações jurídicas com qualquer grupo, apenas comprometida com a defesa da Igreja e da Fé católica, a Montfort aproveitará, em suas polêmicas, todas as concessões de princípio feitas e admitidas por Bento XVI, para continuar a atacar os erros modernistas do Concílio Vaticano II, como a colegialidade, o ecumenismo, a liberdade de religião e de consciência, o estado laico e a Missa Nova, combatendo ainda o sede vacantismo, os cismas e as revoltas, confiante de que o canto do galo anuncia a aurora. Confiante nAquele que disse que “As portas do Inferno não prevalecerão”, a Montfort estará sempre combatendo pela Igreja, agora, na noite dos erros, enquanto o galo canta, no amanhecer, e mesmo durante o dia futuro.”

Fonte: montfort.org.br

A guerra de Fedeli vai para longe…

Orlando Fedeli, da Associação Cultural Montfort:

“Certamente a guerra não terminou. Nem estará terminada com a liberação da Missa de sempre. Isso é certo. A guerra durará muito tempo, mesmo depois de liberada a Missa de sempre”.

Fonte: montfort.org.br

Delirando…

Orlando Fedeli, da Associação Cultural Montfort:

 “Quanto a mim, peça a Deus que me dê forças para lutar, ou que me tire a vida.”

Fonte: montfort.org.br

%d bloggers like this: