Dom Orani Tempesta


Dom Orani Tempesta proibiu atuação de Fedeli quando era arcebispo de Belém do Pará. É o próprio Fedeli que narra em seu site.

.

 

“À sua Excelência Reverendíssima,
Dom Orani João Tempesta, Digníssimo Arcebispo de Belém do Pará.
Excia.

Recebi a informação que Vossa Excia., por meio de um sacerdote da Cúria Arquidiocesana, comunicou a um amigo meu, que me convidara a dar palestras em Belém, que “não gostaria que houvesse, nesse momento, palestras minhas em sua Arquidiocese”. Por amor à união…
Um pedido de Vossa Excia., de fato, é uma ordem.
Quero crer que V. Excia Rvdma. é fiel seguidor do ecumenismo conciliar e que, seguindo o Concílio Vaticano II, jamais fez pedido igual a Teólogos da Libertação seguidores de Fidel Castro, e nem deixou de dialogar com hereges protestantes…
Por amor à união…
Para comigo, o diálogo não vale, e a tolerância conciliar não é invocada.
Deo gratias!
Praticando o ecumenismo, creio que V. Excia jamais proibiu que entrassem e falassem, em Belém, protestantes, judeus, muçulmanos, hereges, fariseus e saduceus, e mesmo boffes e bettos de todos os tipos.
Com todo respeito por sua autoridade episcopal, quero dizer-lhe, Excia. Rvdma. que, embora exorbitante, seu pedido-ordem concede, à Montfort e a mim, uma honra imensa e muito especial. Pois não sou o primeiro a quem se recusa entrada em Belém. OUTRO, infinitamente santo, teve também sua entrada em Belém, um dia, recusada.
Vossa Excia me colocou em divina companhia.

Deus lhe pague.
Rogando a Deus que o recompense por sua generosa recusa, me subscrevo atenciosamente,

in Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli.
São Paulo, 15 de Junho de 2007”

http://www.montfort.org.br/index.php?secao=cartas&subsecao=polemicas&artigo=20070618233706&lang=bra

Anúncios

15 responses to “Dom Orani Tempesta”

  1. Waldney Faustino says :

    Boa tarde!

    Fazendo pesquisas históricas de escritores da época dos primeiros apóstolos e pós morte deles, achei esta página aqui e vejo vocês um “bando” – desculpe o termo usado – de desequilibrado. Na época dos primeiros cristãos alguns eram contra o apóstolo Paulo e não só isso, contra o príncipe dos apóstos “Pedro” e nem por isso a igreja desandou. Assim como alguns católicos se dividiram com pensamentos diferentes, mas felizmente acreditando ainda que MARIA É A MÃE DE DEUS, que CRISTO É A EUCARISTIA e por aí vai. Sobre o querido Orlando Fedeli tenho a dizer que muitas defesas dele estão corretos, principalmente a protestantes que renegam 2000 anos de TRADIÇÃO e SEM UM MÍNIMO DE INTERPRETAÇÃO BÍBLICA. Imaginem vocês, seobre estes assuntos, que a Santa Igreja iria ser de contra ela e a Cristo, definindo os cânon da bíblia no concílio de trento e deturpada pelo infâme Martim Lutero?! Se Maria não tem a honra que tem, vocês acham que o Evangelho de Lucas não seria apócrifo?! Bem, sobre determinas assuntos deste ser (Fedeli)…ele possui erros sobre a Santa Igreja. O Papa tem que está de acordo com o CÂNON da igreja e com a ÉTICA MORAL CRISTÃ, ou seja não pode ser contrário a Cristo e nunca será, mas vejo o erro dele em não compreender que a Igreja tem sua palavra e tem que ser respseitada, afinal de contas dela provém e emana as ordens divina.

    Meus queridos, se enriqueçam mais da Santa Igreja e parem de ficar falando mal uns dos outros. Cristo provou em muitas vezes o Deus como homem em sua vivência, no testemunho de sua vida, defendendo e ensinando os propósitos dEle para conosco. Não vai ser Fedeli, Boff, Lutero ou qualquer outro que vai derrubar a Igreja. Se de 2000 anos pra cá, mesmo com o erro da “inquisição” e de outros erros que pessoas fizeram se dizendo ser Papa não acabaram com a Santa Igreja, não vai ser estes meros especuladores com idéias diferentes que vão acabar, concordam?! Então Vivam a bondade, a caridade, o testemunho de Cristo na vida de Vocês. Vou sempre defender a Santa Igreja, pois sei que os erros do passado foram consertados e sempre serão consertados pelo Próprio Cristo. Ou vocês acham que Deus iria permitir um ser humano ficar 25 anos a frente de sua igreja com vários erros?! O Papa JPII tinha estampado no rosto o DEUS amor e justo.

    Paz e Bem!

    • Pe. Paulo Barbosa says :

      DECLARAÇÃO:

      NUNCA FUI SEDEVACANTISTA. É com essa afirmativa que venho a público esclarecer a todos quantos pensam que um dia aderi a um sistema ou teoria que nega validade aos Papas de Roma desde a morte de Pio XII. O que realmente aconteceu é bem diferente, a saber: Sete anos após me mudar para o Rio de Janeiro, no ano de 2009, chegou a meu conhecimento através de um padre conhecido meu, Pe. Edilson, sobre a existência de um grupo de jovens moços e moças que se reuniam com certa periodicidade em Volta Redonda para estudos e palestras com um senhor octogenário de nome Homero Johas, senhor este que defende a teoria de que todos os que se dizem papas desde Pio XII não o são por estarem sucumbidos às heresias, ou seja, por serem hereges contumazes, o que os inabilitam para o cargo de Pontífice Romano. Como estudioso que sou, que busca, devido ao hábito filosófico, os fundamentos mais remotos de qualquer fenômeno, fui até tal senhor, me apresentei, o conheci, e passei a conhecer e estudar o que ali se ensinava e seguia. Com o passar do tempo pude emitir meu juízo, após bastante ouvir e analisar, e percebi que se tratava de uma formulação doutrinária sem base, sem consistência, sem respaldo e coerência, bem típica de quem constrói gigantes no ar para depois os matar. O sedevacantismo é bem isso, uma construção imaginária de heresias e hereges para todos os lados para, em seguida, proclamarem a ausência de autoridade na Igreja Católica Apostólica Romana, atitude esta bem típica dos hereges de todas as épocas, mormente desde Lutero.

      Mesmo, porém, tendo chegado à conclusão de que tal teoria é uma inconsistência e incoerência de cabeças anacrônicas e falazes, continuei em meio deles, e isto por dois motivos: o primeiro e principal era o de tentar, por via indireta, destruir tal convento de moços e moças que, em pleno século XXI, se debruçam e acreditam numa enormidade dessas, a de que o Papa não é Papa… Teria eu, pensei comigo mesmo e em segredo, que tentar destruir, destroçar, arruinar isso, e assim fazer um bem à Igreja de Cristo, à Igreja Católica, um bem ao Papa João Paulo II, a Bento XVI e a Francisco, gloriosamente reinante. E fiquei sim infiltrado, conversando com um e com outro, percebendo as tendências, ouvindo os moços e moças, e, com alguns, usando um métodos mais direto para mostrar-lhes que não é verdade, e nunca poderia ser, a teoria que ali é proclamada. Do grupo original que se reunia para a defesa do indefensável, uns saíram por convicções outras, mas outros saíram ou se afastaram devido ao apostolado que eu fiz, ao pé do ouvido, argumentando e mostrando a insustentabilidade do que defendiam. E com isso, meu amigo Padre Edilson recebeu alguns fieis convertidos à Doutrina Católica em sua capela e o Céu fez festa, com certeza. Hoje, em março 2014, nada mais resta da estrutura original dessa turba que se reunia para desacatar a Fé Católica, nem mesmo o líder de outrora, Homero Johas, dá assistência a eles, graças ao processo passo a passo, mas eficaz, de quebra desse iceberg, promovido por mim pelo bem da Igreja de Cristo.

      O segundo motivo que me reteve junto a tal (des) organização é a amizade que, com o tempo, fui adquirindo com Homero Johas, um senhor que, apesar do que pensa e prega, é agradabilíssimo, afável, caridoso e amigo, com quem, muitas vezes, me privei, fiz viagens, participei de jantares e festas, assim como com sua esposa distinta, dona Ruth Johas, um senhora fina e elegante, de conversas amenas e eruditas.

      Aclare-se, portanto, que minha estadia e permanência junto a um grupo sedevacantista e a seu mentor, nunca foi por motivo de aceitação ou anuência de minha parte a tais descalabros teológicos, mas bem ao contrário: sempre, desde o início, repugnei e alijei para bem longe toda e qualquer teoria que expressa não existir Papa na Igreja Católica Apostólica Romana desde a morte de Pio XII, em 9 de outubro de 1958. Permaneci no meio deles, sim, para fazer um bem à Igreja, e, na medida do meu possível, acredito ter conseguido. A estrutura original de 2009 se desorganizou, o padre argentino, Pio Espina, que vinha bimestralmente pregar e oficiar os sacramentos não mais vem e nem mais é recebido pelo mentor Homero, e o mesmo Johas não mais apoia o Grupo Sedevacante de Volta Redonda.

      Acredito ter cumprido minha missão, creio ter feito o que pude, com a ajuda de Deus e de Nossa Senhora, a desbaratadora dos hereges e infiéis. Hoje não mais assisto a palestras e nem mantenho minha presença junto a quem quer que seja desta vertente de falaciosos, nem ao mesmo Homero, de quem me afastei desde janeiro do corrente ano.

      Que fique registrado e firmado aqui, em letras derradeiras e últimas, que NUNCA FUI SEDEVACANTISTA, pela graça de Deus, e jamais comparti de quaisquer teorias conspiratórias ao Papado e aos Papas últimos. Afirmo e declaro em alto e bom som que reconheço total e absolutamente todos os 266 papas católicos, incluindo João XXIII, Paulo VI, João Paulo I, João Paulo II, Bento XVI e Francisco, gloriosamente reinante.

      VIVA O PAPA!

      VIVA FRANCISCO!

      Pe. Paulo José Aparecido Mota Barbosa.

      Rio de Janeiro, 02 de abril de 2014.

  2. antonio josé says :

    Sei que meu comentário não vai ser publicado e como um bom paraense que sou agradeço a Deus a saida desse bispo aqui do meu estado.
    O professor Fedeli, não é sedevacantista, muito pelo contrário.
    E um dia ele será recompensado no céu por sua coragem profética.

  3. Flávio Roberto Brainer de Oliveira says :

    Não acredito que um verdadeiro católico sairia destilando o seu veneno contra bispos, sacerdotes e pessoas da mesma igreja.

    É preciso orar muito por essa situação de falta de unidade que Orlando Fedeli criou e vem alimentando para confundir a muitos católicos.

    Que o Senhor nos livre de qualquer tipo de cisma.

    Flávio Roberto Brainer de Oliveira

    • Lohanne says :

      Concordo plenamente com você, Flávio!

    • marcelo says :

      Meu Deus, porque o Orlando Fedeli seria um novo Lutero? Desculpem-me, mas ele tem muita razão sobre os erros e abusos de certos padres. Quem acha que o pe Fábio de Mello está certo?. Por que nenhum bispo o repreende, um pe galã, orgulhoso e DESOBEDIENTE, cade os confessionários determinado pelos papas? Eu elucidei muitas dúvidas no site dele, com material de estudo, e sei que muitos que o criticam fazem a mesma coisa; Se árvore má não pode dar bons frutos, O site dele deveria ser uma merda. Eu firmei na fé esclareci dúvidas que meus párocos nem teriam tempo, ou até mesmo vontade para tal ensino. Não, não acho que ele seja tudo isso, Lutero era terrível, não é justiça o chamar assim. Devemos saber que a Igreja é Santa, mas isso não quer dizer que todos os pe e Bispo sejam santinhos, alguns são arrogantes e orgulhosos. Fico mirando o papa, Ele é pecador enquanto homem, mas quando fala para toda a Igreja, goza de infalibilidade e essa é garantia que temos, me recuso a fazer teatro em missa, gestos estranhos, em suma me recuso a imitar protestantes, o protestantismo sim é uma grande desgraça.

      • andresantos says :

        Orlando Fedeli é o Lutero do Brasil pelo fato de ser o autor de uma revolução nova, como Lutero, contestando a Igreja e promovendo um culto novo que ele achava ser católico. O seus discípulos, os montfortistas, são todos uma seita. Acontece que o você não teve a desgraça de conhecer a seita por dentro…

      • rita says :

        certamente concordo com você Marcelo! o que se vive nas igrejas da modernidade é a continuação do protestantismo, enquanto Fedeli busca mostrar aos ignorantes o verdadeiro caminho.

  4. joão says :

    Realmente, eu li esse site Montfort algumas vezes e me parece muito protestante.

  5. Sizenando says :

    Concordo Marcel

    Agora já se tornou mais do que normal, as previsões deste Blog se confirmam e Paulo Barbosa é só mais um que se uniu a Felipe Coelho, Sandro de Pontes e Rodrigo Antonio Maria Silva, todos ex. colaboradores da Montfort e todos agora Sedevacantistas declarados, afinal falar mal do Papa e desrespeitar a verdadeira igreja é o que se aprende nos bancos das salaus de aula da Montfort, naturalmente o fruto deste aprendizado será sempre a desobediência e a divisão completa fundando-se uma nova Igreja e até elegendo um novo Papa particular.

    Parabens a todos, e quem defende Fedeli hoje, será um sedevacantista amanhã…

    Se cuida Marcel.

    In Corde Jesus, Semper.

  6. Marcel says :

    Paulo Barbosa, traidor!!! Você é o Judas do Prof. Fedeli. Quanto ganhou? 30 moedas??

  7. Paulo Barbosa says :

    Amanhã, sábado, 05 de junho de 2009, Orlando Fedeli estará mais uma vez no Rio, no bairro do Méier, e desta vez o tema de sua aula será caluniar aos que saíram de sua companhia. Como é farta a multidão dos imbecis… Ainda este tipo encontra elementos que o ouve e aplaude, mas por pouco tempo, pois, como os antigos dizem, o tempo é o senhor da história e um dia este contador de estórias ficará só…

    Dom Orani deve providenciar aqui no Rio de Janeiro também a retirada deste senhor que mimeticamente, quando surpreendido pelas autoridades eclesiásticas, diz que apenas ensina história, e junto aos seus acrescenta: história da missa, do vaticano, etc etc… Veja a baixeza do baixinho e alopécico senhor…

    Paulo Barbosa

    Rio de Janeiro, 04 de junho de 2009.

  8. Maria says :

    Alguma coisa fez o Fedeli…

Deixe seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: